Saiba o que declarar no Imposto de Renda

4 minutos para ler

Sempre que o prazo para declarar o Imposto de Renda se aproxima, é a mesma história. Muitas pessoas têm dúvida sobre o que deve ser declarado no IR e que informações colocar na declaração. Você é uma dessas pessoas?

Não se preocupe: neste post, vamos contar, de forma bem resumida, o que declarar no Imposto de Renda. Se você tem dúvidas acerca da declaração, do que é o IR e do prazo para a entrega desse documento, podemos te ajudar! Prossiga com a leitura para entender melhor.

O que é Imposto de Renda?

O Imposto de Renda, também chamado de IR, é um tributo federal sobre a renda dos brasileiros, que incide sobre determinados valores predefinidos e recebidos no ano-calendário anterior. A declaração desse imposto é feita todo ano, geralmente nos meses de março e abril.

A definição dos valores pagos é calculada com base na declaração dos rendimentos e está sujeita à uma tabela de alíquotas escalonada. Ou seja, quem tem uma renda maior paga mais do que quem tem uma renda menor. Entre os rendimentos tributáveis, estão salários, investimentos, aluguéis, entre outros.

Existe o Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF), direcionado a pessoas físicas, e o Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ), para as empresas. Quando da declaração do Imposto de Renda, o contribuinte pode receber uma parte do valor de volta por meio da restituição.

A importância de entregar a Declaração do Imposto de Renda no prazo

Afinal, qual a importância de entregar esse documento no prazo? A declaração do Imposto de Renda serve para que o governo saiba quais são os rendimentos tributáveis e não tributáveis da pessoa, bem como tem a finalidade de acompanhar a evolução patrimonial do indivíduo.

Em 2022, o prazo inicial para declarar o Imposto de Renda era entre 02 de março e 30 de abril, mas foi prorrogado até 31 de maio. As restituições, por sua vez, vão ser pagas do fim de maio até setembro para quem fizer jus à bonificação.

Quem não entregar a declaração no prazo estipulado estará sujeito à multa por conta do atraso. O valor pode ir de R$ 165,74 até 20% do valor do imposto devido.

O que declarar no Imposto de Renda?

Agora que você já sabe mais sobre o IR em si, vamos falar o que declarar no Imposto de Renda.

As informações a serem incluídas na declaração de 2022 são referentes ao ano-calendário de 2021. Veja, abaixo, o que declarar no Imposto de Renda:

  • salário (incluindo as férias) ou aposentadoria;
  • pensões;
  • aluguéis;
  • bens em seu nome (imóveis ou móveis);
  • gastos em geral, como mensalidades escolares e planos de saúde.

Deve-se destacar que existe a categoria dos chamados rendimentos tributáveis, a dos rendimentos isentos e não tributáveis, e aquela chamada de “tributação exclusiva/definitiva”. Nessa última categoria é onde se declara os ganhos de capital, distribuição de lucros e 13º salário.

É preciso colocar na declaração tudo o que o contribuinte ganhou e é passível de tributação.

Quem deve declarar o Imposto de Renda?

Em relação aos rendimentos tributáveis, é obrigado a declarar o Imposto de Renda quem teve ganhos superiores a R$ 28.559,70 no ano passado. Vale lembrar que esses valores são somados.

Em relação aos rendimentos isentos ou não tributáveis ou tributados na fonte (poupança, 13º, saque do FGTS), o valor para declarar o IR é caso o contribuinte tenha recebido mais de R$ 40.000,00.

Por último, se você é investidor e negocia na Bolsa de Valores, tem bens em valor acima de R$ 300.000,00 ou receita bruta de atividade rural superior a R$ 142.798,50, a obrigatoriedade de declarar também se estende a você.

Os trabalhadores informais (sem registro) também podem declarar o Imposto de Renda, caso se enquadrem nas condições previstas anteriormente.

Saber o que declarar no Imposto de Renda é essencial, especialmente conforme o prazo final da declaração se aproxima. Pagar esse tributo corretamente é estar em dia com as obrigações fiscais.

Você gostou do nosso conteúdo? Esse assunto é muito importante. Para receber ainda mais atualizações da Escobar Advocacia, não deixe de se cadastrar na nossa newsletter!

Você também pode gostar

Deixe um comentário